Educação Especial

Educação Especial

A APAE de Capitólio conta com o serviço da Escola Especial Neli Arantes dos Santos, que pertence ao sistema regular de ensino na modalidade Educação Especial. Atende alunos com deficiência intelectual e/ou múltipla, oferece a Educação Infantil, Estimulação Precoce, Ensino Fundamental anos iniciais e Educação de jovens e adultos (EJA anos iniciais e finais).

A Educação Especial é organizada para atender especifica e preferencialmente alunos com deficiência Intelectual e/ou múltipla.

A escola direcionada para a educação especial conta com materiais, equipamentos e professores especializados.

As classes são organizadas levando-se em consideração sua idade cronológica, desenvolvimento físico e outros fatores, segundo recomendações da equipe multidisciplinar, e são contempladas as seguintes modalidades:

Logo_Peq_Col_Vert

FASE I: Educação Infantil

O plano curricular desta fase é desenvolvido observando-se as habilidades sociais, práticas e intelectuais.

Nas escolas especiais da Apae, a Educação Infantil se realiza na primeira etapa da educação básica e será organizada por meio do programa:

a) Programa de Educação Pré-escolar: atendimento educacional especializado, preventivo e educativo, destinado a crianças na faixa etária de quatro e cinco anos. Visa proporcionar condições adequadas e favoráveis ao desenvolvimento nas dimensões emocional, cognitiva e social.

Para a criança, o brincar é uma forma de descobrir o mundo e de desenvolver capacidades, como a atenção, a criatividade e a imaginação. O brincar organiza emoções e dá início aos primeiros relacionamentos, a convivência. A brincadeira, atividade social que cruza os tempos e diferentes lugares, aprendida com um adulto ou com uma criança mais velha, tem fundamental importância na construção do eu e das relações interpessoais da criança.

slide-02-02

FASE II - Ensino Fundamental: anos iniciais organizados em dois ciclos de aprendizagem para pessoas com deficiência intelectual e múltipla na faixa etária de seis a quatorze anos.

O plano curricular desta fase será desenvolvido observando-se as habilidades sociais, práticas, intelectuais e também a base nacional comum.

a) Ciclo de aprendizagem Inicial, tem a finalidade de identificar as necessidades pedagógicas, habilidades e potencialidades do aluno e propor, por meio de variadas estratégias, a introdução ao processo de alfabetização e letramento da pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

Esse processo se desenvolverá através de um currículo que promova o desenvolvimento das habilidades adaptativas de autonomia pessoal e de competência social, e das habilidades intelectuais gerais.

As atividades favorecerão a organização do desenvolvimento global do aluno, visando às habilidades necessárias para o processo de alfabetização. O trabalho pedagógico desta proposta baseia-se em um currículo flexível com ajustes que atendam também as necessidades especiais dos alunos. Caso seja necessário, podem ser introduzidos atendimentos especializados na área emocional, cognitiva, psicomotora, fonoaudiologia e fisioterápica.

Atividades complementares de educação física e artes serão utilizadas para trabalhar a percepção do corpo; suas diferentes reações e possibilidades diante de cada atividade realizada.

b) Ciclo de Aprendizagem Intermediária: tem a finalidade de dar continuidade ao processo de aprendizagem do ciclo anterior, por meio de atividades práticas e situações reais adequadas às necessidades e peculiaridades dos alunos.

Esta etapa se desenvolverá por meio de um currículo com foco no desenvolvimento das habilidades conceituais, práticas e sociais relevantes para a vida jovem e adulta da pessoa com deficiência intelectual e múltipla.

Este ciclo propõe a continuidade e a ampliação do processo de letramento e alfabetização para o desenvolvimento do conhecimento básico relacionado à escrita e à leitura de mundo.

BRUN0259

EJA anos iniciais e finais: Propiciar aos educandos com necessidades de apoios intensos e generalizados, melhor qualidade de vida através de atividades variadas, para que as questões de saúde, lazer, recreação, comunicação, autocuidado, vida social, autonomia, ocupação e vida familiar sejam programadas e priorizadas.

Dominar serviços básicos da cultura letrada que lhes permitam melhor compreender o mundo em que vivem.

Ter acesso a outros graus de modalidade de ensino básico profissionalizantes assim como as outras oportunidades de desenvolvimento cultural.

EJA anos iniciais: conta com alunos maiores de 15 anos, que cursam o ensino fundamental do 1º ao 5º ano.

EJA anos finais: alunos maiores de 15 anos, do 6º ao 9º ano.

1

Núcleo de atendimento ao autista 

Destina a atender os autistas em seus diversos graus de comprometimento (associados a deficiência intelectual), proporcionando um ambiente educacional e terapêutico. É um espaço onde se trabalha através do método TEACCH e orientações as famílias.

autismo